Praia da Joaquina

Voltar
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Joaquina foi uma rendeira do início do século XVIII, moradora de uma das praias do leste da Ilha de Santa Catarina, que além de ensinar as mulheres a entrelaçar linhas e formar belíssimos utensílios domésticos, preparava comida para os pescadores que costumavam matar a fome em seu rancho à beira mar. Diz a lenda que certo dia ela estava na praia tecendo renda quando foi tragada pelas fortes ondas do mar.

A praia da "Joaca" foi ganhando fama a partir da década de 70, quando suas ondas foram descobertas por surfistas do mudo inteiro. Vários campeonatos de surfe foram surgindo, destacando grandes personalidades catarinenses. Frequentada por surfistas, belas garotas, praticantes de vôlei de praia e de um futebolzinho no fim de tarde, é uma das praias que oferece melhor infraestrutura ao turista, recebendo durante os dias quentes de primavera e verão, um grande número de excursões provenientes de todo o Brasil e exterior.

O aglomerado de rochas, situado a esquerda, a iluminação noturna e os chuveiros públicos são algumas das marcas registradas da Joaquina. Há também um amplo estacionamento pago, sanitários, estacionamento para ônibus de turismo, salva vidas, posto policial, loja de artesanato, bares, restaurantes e hotéis.